Notícias

Corrida da Virada em Guarapuava completa 50 anos com a participação de mais de 400 atletas

31/12/2023

Além de fazer história, o evento é referência em se tratando de união, amizade e preparação para os novos desafios no ano que se inicia. Nesta edição, a competição contou com atletas estrangeiros e medalhista dos Jogos Pan-Americanos. 

 

Neste domingo, 31 de dezembro, último dia do ano de 2023, no Parque do Lago, começaram as comemorações do Ano Novo. A Organização Sul Adventure, com o apoio da Secretaria de Esportes e Recreação e Secretaria de Turismo e Eventos do município, realizou a 50ª edição da Corrida da Virada, em Guarapuava. 

 

O percurso deste ano  teve a distância de 6500 metros, todo no asfalto, formado por obstáculos naturais como subidas, descidas e outros. No trajeto, houve apoio da Secretaria de Trânsito de Guarapuava (SETRAM) e do Corpo de Bombeiros. No final da corrida, todos os atletas receberam garrafas de água mineral e frutas para a reidratação. 

 

O secretário de Esportes e Recreação do município, Milton Roseira, falou da importância do evento para a cidade e parabenizou os organizadores.

‘’Parabéns a esta corrida tão tradicional da cidade, a Corrida da Virada, troféu Jorge Oreiko. Parabéns à Sul Adventure, que coordenou e organizou toda a prova. Uma grande corrida para finalizar um grande ano. Estão todos de parabéns! Obrigado ao prefeito Celso Góes que vem sempre dando todo o apoio para que o esporte de Guarapuava continue evoluindo’’, disse Milton. 

 

A corrida contou com a participação de 420 pessoas, preenchendo o número máximo de vagas em todas as categorias, com atletas de várias cidades e Estados. A prova deste ano teve  até participantes internacionais, como o caso da argentina Maciel Rocio de Los Helechos. Ela disse que foi gratificante competir em Guarapuava.

 

“Foi uma ótima corrida, um circuito bastante complicado, porém lindo. Foi a primeira vez que vim correr aqui. Fiquei encantada com o lugar, realmente muito lindo. Certamente virei no próximo ano”, destacou.

 

Antes da corrida dos adolescentes e adultos, foi realizada a prova na categoria kids, sem classificação, mas com o intuito educativo de iniciar as crianças no esporte.

 

De acordo com o prefeito Celso Góes, a cada ano o evento se torna melhor e muito mais conhecido não só no Paraná, mas em todo o Brasil e no mundo. Ele pontou que para o fim de 2024, a 51ª edição da prova está garantida.  ‘’Fico muito feliz em ver que todas as vagas foram preenchidas. Agradeço a cada um que organizou a prova pelo empenho com o intuito de fortalecer cada vez mais o esporte em Guarapuava. Preparamos uma grande festa e esperamos que em 2024 este evento seja ainda maior’’, grifou o prefeito. 

 

A medalhista de bronze dos jogos Pan-Americanos 2023, londrinense, mas moradora de Guarapuava há 13 anos, Tatiane Raquel da Silva, venceu a categoria  geral feminina pela 13ª vez consecutiva. ‘’Prestigiar a cidade que me acolheu, é muito gratificante. Fechar o ano correndo é o que eu mais gosto de fazer. Achei muito legal a ideia de aproveitar a estrutura do show, chamou muita a atenção do público para prestigiar a corrida’’, destacou.

 

O campeão da corrida de 2022, Láercio Lodi, de Bituruna, venceu novamente este ano, com um tempo de 21 minutos e 18 segundos. O atleta levou 700 reais de premiação e expressou sua satisfação com a organização. “É uma prova muito tradicional. Corro aqui há 18 anos. Foi tudo muito bem-organizado. É sempre uma satisfação”, decalrou. 

 

PREMIAÇÃO

 

A premiação foi dividida pelas categorias, masculina e feminina, com subdivisão por faixa etária e categoria para pessoas com deficiência (PCD). Subiram ao pódio os cinco primeiros colocados de cada categoria, que receberam o troféu e brindes dos apoiadores. Já os 10 primeiros das classificações gerais,  feminino e masculino, além do troféu e dos brindes,  também receberam prêmios em dinheiro. Todos os participantes receberam uma medalha de honra ao mérito no fim da prova. 

 

Confira as classificações completas: AQUI