Notícias

Equipes dos CAPS de Guarapuava realizam blitz para campanha do Janeiro Branco

26/01/2024

O primeiro mês do ano é voltado para a conscientização da saúde mental e emocional.

 

Nesta sexta-feira (26), nos períodos da manhã e tarde, a Prefeitura de Guarapuava, por meio dos Centros de Atenção Psicossocial (CAPS), AD e II, que pertencem à Secretaria de Saúde, realizou uma blitz  para a divulgação da campanha Janeiro Branco. 

 

A blitz foi no centro de Guarapuava, na Rua XV de Novembro, em frente ao Shopping Maria Antônia. “A realização da blitz é importante para que essa informação chegue a mais pessoas, para que a população conheça os serviços do CAPS e saiba a importância dos profissionais capacitados para ajudar com questões de saúde mental”, comentou Iannaye Andrade, agente social do CAPS.

 

Segundo Fernanda Bariquelo Marcelino, chefe de Divisão de Atenção Ambulatorial Especializada – responsável pelos CAPS (CAPS AD e CAPS II) e Serviços Residenciais Terapêuticos (masculino e feminino), o Janeiro Branco – “Quem cuida da mente, cuida da vida”, é uma campanha criada em 2014 por psicólogos brasileiros. Os trabalhos têm foco na conscientização da população sobre a importância da saúde mental e emocional, a partir da prevenção das doenças decorrentes do estresse, como: ansiedade, depressão e pânico.

 

“Vale destacar que janeiro não foi escolhido ao acaso, e sim, como uma estratégia para incentivar as pessoas a pensarem sobre suas vidas. Este é um mês que inspira as pessoas a fazerem reflexões acerca das suas vidas, das suas relações, dos sentimentos que possuem, dos passados que viveram e dos objetivos que desejam alcançar no ano que se inicia. Além disso, a cor representa uma página em branco como oportunidade de escrever uma nova história, priorizando o cuidado com o bem-estar mental. A intenção do Janeiro Branco é promover um ambiente acolhedor em que as pessoas sintam-se à vontade para expressar suas emoções e buscar apoio quando necessário”, explicou Fernanda.

 

Em 2024, o lema do Janeiro Branco é: “Saúde mental enquanto há tempo”. A ideia é construir uma sociedade mais empática e solidária, onde a saúde mental seja tão valorizada quanto a saúde física. 

 

Durante este mês, diversas ações estão sendo promovidas em Guarapuava pelas equipes dos CAPS AD e CAPS II, em parceria com a gestão da Secretaria Municipal de Saúde e Divisão de Atenção Ambulatorial Especializada. A proposta é estimular reflexões e diálogos sobre o tema, visando combater o estigma em torno das questões psicológicas. O mês é propenso ainda, à promoção do bem-estar emocional, por meio de palestras, grupos e oficinas terapêuticas, workshops, blitze e panfletagem. Há ainda, campanhas nas redes sociais e eventos comunitários, todos voltados para conscientização e educação sobre saúde mental. “Essa abordagem conduz não apenas a tratar de transtornos mentais, mas também promover a prevenção e o cuidado com o bem-estar emocional”, completou a chefe de divisão.