Notícias

Páscoa: Pesquisa do Procon de Guarapuava aponta variação de 156,80% no preço dos bombons 

19/03/2024

A pesquisa, que foi realizada entre os dia 11 e 15 de março,  teve o intuito de orientar os consumidores sobre os estabelecimentos com maiores e menores preços. Foram analisados quatro tipos de produtos alimentícios em oito diferentes locais.

 

A chegada da Páscoa é sempre aguardada com expectativa pelos consumidores, que buscam os melhores produtos para celebrar a data. Com o objetivo de auxiliar os moradores de Guarapuava na escolha dos itens mais adequados e acessíveis, o Procon Municipal realizou uma abrangente pesquisa de preços entre os dias 11 e 15 de março de 2024.

 

Durante o processo de coleta de dados, foram comparados diversos itens de alta demanda para a Páscoa, incluindo colombas, barras de chocolate, bombons e ovos de chocolate. A pesquisa contemplou diferentes marcas e variedades desses produtos, permitindo aos consumidores uma visão abrangente das opções disponíveis no mercado.

 

Colombas de Páscoa

 

Adereço alimentar muito comum nessa época, as colombas não registraram variação de preço. Apenas uma marca foi encontrada, custando R$ 19,99 em dois estabelecimentos. 

 

Barras de chocolate

 

Nesta categoria, as diferenças de preço atingiram até 60,12% entre os diferentes estabelecimentos. Por exemplo, para uma barra de chocolate de 80g de uma determinada marca, o preço mais baixo encontrado foi de R$ 4,99, enquanto em outra loja o mesmo produto era vendido por R$ 7,99, representando a maior variação. Em relação às demais marcas, a variação máxima foi de 20,04%.

 

Bombons

 

Em relação aos bombons, foram listadas quatro marcas. Entre elas, a maior variação se deu em um bombom de 90g, encontrado por R$ 13,98, enquanto em outro mercado, o produto custa R$ 35,90. Isso representa uma variação de 156,80% no preço do produto. 

 

Ovos de Páscoa

 

Itens de chocolate premium, ovos de chocolate com brinquedo e ovos temáticos foram examinados minuciosamente. As discrepâncias de preço entre esses produtos chegaram a 48,56%, ressaltando a necessidade de realizar uma pesquisa detalhada antes da compra. Por exemplo, um ovo de chocolate pode ser adquirido por R$ 87,50 em um supermercado. Enquanto isso, em outro estabelecimento, o mesmo produto é vendido por R$ 129,99.

 

Segundo a superintendente do Procon de Guarapuava, Luana Esteche, a pesquisa realizada pelo órgão evidencia a importância de os consumidores estarem atentos aos preços durante as compras de Páscoa. Ela ressaltou que a comparação de preços pode resultar em economias significativas, especialmente em um período marcado por despesas extras.

 

“Essa é uma época em que, por vezes, os preços dos chocolates tendem a ser mais caros e é muito importante que o consumidor esteja atento se quiser economizar. Pela pesquisa do Procon, vemos que existe uma variação de quase 160% entre o menor e o maior preço de um determinado produto, demonstrando que consumidor que pesquisa, tem a oportunidade de comprar mais produtos ou economizar uma boa quantia”, afirmou.

 

O Procon enfatiza a necessidade de os consumidores verificarem outros aspectos além do preço, como a validade dos produtos e a adequação dos brinquedos agregados aos chocolates, especialmente quando destinados a crianças.

 

Para mais detalhes sobre os preços encontrados na pesquisa, os consumidores podem acessar todas as informações clicando AQUI