Notícias

Promovendo inovação e acessibilidade, Prefeitura de Guarapuava entrega mesas interativas digitais para CMEIs

21/02/2024

Aliando educação e tecnologia, o recurso facilita o desenvolvimento de metodologias pedagógicas lúdicas e interativas em sala de aula.

 

Contribuindo com o desenvolvimento integral dos estudantes da Rede Municipal de Ensino, na tarde desta quarta-feira (21), a Prefeitura de Guarapuava, por meio da Secretaria Municipal de Educação (SME), entregou 141 mesas interativas digitais para Centros Municipais de Ensino Infantil. Todos os CMEIs receberam a mesa Educa NAVE, um recurso tecnológico, pedagógico e acessível, que complementa a aprendizagem dos alunos de 4 a 8 anos.

 

“A entrega dessas mesas é mais um passo para conquistar o melhor da educação no Município. Guarapuava é referência para todo o País quando se trata em tecnologia e inovação na educação. Eu tenho orgulho em dizer isto, pois são muitas mãos que trabalham incansavelmente para colher os frutos e preparar nossos alunos para ter um futuro sensacional”, grifou o prefeito de Guarapuava, Celso Góes.

 

“Para algumas pessoas isto pode parecer apenas mais um componente digital, mas não é. Essas mesas interativas são mais uma ferramenta educacional que vai auxiliar no processo pedagógico. E o resultado disto é mudança de vida, é mudança de realidade. Nenhuma escola particular de Guarapuava tem o que a educação do Município entrega. O corpo docente que temos é extremamente qualificado. Para nossos servidores a administração promove formações e capacitações continuadas. Entendemos que o conhecimento é o maior dos investimentos. As estruturas das unidades educacionais, todas estão passando por reformas e ampliações. O que está aqui vai ser um facilitador para a alfabetização, letramento e aprendizagem da matemática, música e inglês das nossas crianças”, sublinhou o secretário de Educação, Pablo de Almeida. 

 

Promovendo ludicidade, interação e experiências sensoriais com imagens e textos, a mesa proporciona a realização de brincadeiras, criações e pesquisas, permitindo a participação e exploração dos alunos integralmente. Os princípios pedagógicos da ferramenta mobilizam o desenvolvimento integral dos estudantes, bem como, favorecem o acesso à cultura digital.

 

Além de oferecer experiências significativas, a mesa Educa NAVE possui suporte de parede para facilitar o acesso de crianças com dificuldades motoras e necessidades especiais. A tela reconhece não apenas os dedos, como também toque de objetos como canetas, ponteiras de boca, pincéis e facilitadores de punhos, auxiliando a utilização da ferramenta. Contando também com áudio descrição, alto contraste e tradução simultânea em libras.

 

“Nós estudamos muito e entendemos que a educação está cada vez mais inovadora, cada vez mais tecnológica, e essas mesas vêm para agregar justamente isso. Ele é mais um meio de aprendizagem para essas crianças, porque essa mesa não é apenas uma tela ou uma mesa em si. Dentro dela tem atividades de língua portuguesa, atividades do corpo humano, coordenação motora, acessibilidade. Estamos contentes em poder entregar essa solução e principalmente apoiar nossos professores a utilizar de uma maneira pedagógica e que faça realmente o verdadeiro significado dentro da sala de aula”, ressaltou a diretora do departamento tecnológico da SME, Jéssica Kiczevi.

 

Todas as atividades propostas pela ferramenta estão alinhadas com a BNCC (Base Nacional Comum Curricular) e estimulam a troca de experiências com outros espaços de aprendizagem. São mais de 300 tarefas organizadas em nove blocos interativos e investigativos. Sendo eles: 

 

Planeta ABC: Alfabetização e consciência fonológica;

Planeta Movimento: Corpo, gesto e movimento;

Planeta imaginação: Autoria e criação;

Planeta Histórias: Leitura e contação de histórias;

Planeta Digital: Linguagem computacional;

Planeta Gente: Identidade, alteridades e direito das crianças;

Planeta Números: Tempo, espaço, relações e números;

Planeta Vida: Sustentabilidade e cidadania;

Planeta emoções: Educação socioemocional.

 

“O Educa Nave nada mais é do que um agregado para o nosso trabalho com a educação infantil. É notável o quanto as crianças estão felizes. Então, além de proporcionar essa satisfação como profissional, as mesas contribuem para o nosso fazer educacional. Mais do que justo, porque nós estamos em um desenvolvimento cada dia maior e nós precisamos dessa ferramenta. Nos dá ainda mais vontade de trabalhar, sempre com foco na capacitação para educar nossas crianças”, frisou a educadora Alice Mara Luci de Oliveira, do CMEI Tia Chica.

 

O evento contou com a participação de servidores da educação, vereadores, pais e alunos que já aprovaram a nova ferramenta. 

 

“Na verdade é impressionante, porque automaticamente nossas crianças acabam tendo uma educação muito mais rica em detalhes, visto que elas já estão adaptadas a tecnologias e estão anos-luz à nossa frente. Ver que a rede pública está fazendo esse investimento é uma realização pessoal para todos nós, como pais. A gente já vê que a capacidade das crianças aumenta significativamente”, compartilhou Alline Horobinski, mãe do pequeno Heitor. 

 

“Eu gostei muito de usar essas mesas. Eu pude jogar e aprender bastante”, finalizou Heitor, do Infantil V, do CMEI Tia Chica.