Notícias

Quarta pesquisa do ‘Checkpreço$’ já está disponível

18/10/2023

A partir de hoje, cartazes com QRCODE impressos pela Unicentro, com o resultado das pesquisas, serão colados nos estabelecimentos para maior transparência.

 

O Procon de Guarapuava divulgou os resultados de sua mais recente pesquisa sobre os preços de diversos produtos em diferentes estabelecimentos durante o mês de outubro de 2023. A pesquisa foi realizada entre os dias 10 e 16 de outubro e abrangeu uma variedade de itens de consumo essencial. A análise revela diferenças significativas de preços em diferentes lojas da cidade, o que pode impactar significativamente no orçamento familiar.

 

Esta iniciativa quinzenal, chamada de “Checkpreços”, é uma parceria entre a Prefeitura de Guarapuava, por meio da Superintendência Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor – Procon/Guarapuava e a Universidade Estadual do Centro-Oeste (Unicentro) a partir da extensão universitária.  

 

“A pesquisa do checkpreços continua pautando o consumidor, propiciando mais economia na hora da compra. A partir de hoje, o consumidor poderá ter acesso à última pesquisa do checkpreços diretamente no supermercado pesquisado, pois estamos distribuindo cartazes contendo o QR-code que serão afixados na entrada do estabelecimento. Com isso, o consumidor poderá escanear e acessar a última pesquisa realizada”, reiterou Luana Esteche, superintendente do Procon de Guarapuava.

 

Confira as principais diferenças nos itens básicos nesse período:

 

Arroz e açúcar

 

Entre os principais alimentos da cesta básica, o arroz e o açúcar apresentaram variações notáveis de preços em diferentes estabelecimentos. O arroz parboilizado tipo 1, de 5 kg, de uma determinada marca, por exemplo, variou de R$ 23,10 a R$ 25,79, representando uma diferença de 11,65% entre o menor e o maior preço encontrado.

 

O açúcar refinado de 5 kg de uma marca específica também teve uma variação considerável, indo de R$ 16,79 a R$ 19,85, o que representa um aumento de 18,23% no valor.

 

Feijão e farinha de trigo

 

Outros produtos básicos como o feijão e a farinha de trigo também tiveram flutuações de preços notáveis. Uma das opções de feijão preto tipo 1, de 1 kg, registrou uma variação de 39,41% de R$ 6,42 a R$ 8,95.

 

A farinha de trigo branca tipo 1, de 5 kg, de uma determinada empresa teve a maior variação da pesquisa, com uma diferença de 50,72%, variando de R$ 13,13 a R$ 19,79.

 

Produtos de limpeza e higiene pessoal

 

Além dos alimentos, produtos de limpeza e higiene pessoal também mostraram variações significativas. O creme dental de uma determinada marca, por exemplo, variou de R$ 4,15 a R$ 6,49, com um aumento de 56,39% no preço. Já um shampoo feminino apresentou uma das maiores variações, com preços que variaram de R$ 14,99 a R$ 27,95, representando um aumento de 86,46%.

 

Combustível

 

Os combustíveis também são verificados pelo Checkpreço$. A coleta de dados revelou uma diferença de até 5,46% na gasolina comum. A aditivada, por sua vez, teve 10,93% de variação, e valor do etanol variou em 17,77%.

 

É importante destacar que as variações de preços podem ocorrer devido a diversos fatores, como localização da loja, promoções ou descontos temporários, entre outros. Portanto, os consumidores são incentivados a pesquisar os preços antes de fazer suas compras, a fim de economizar dinheiro.

 

Essa pesquisa do Procon serve como um guia para os consumidores se manterem informados sobre as oscilações de preços e fazerem escolhas mais conscientes na hora de fazer compras. Além de simplesmente comparar valores, o objetivo do Checkpreço$ é ampliar suas funcionalidades, incluindo a medição da inflação, tanto em âmbito nacional quanto local, como parte das atribuições no projeto.

 

Confira a lista completa AQUI.