Notícias

Secretaria de Saúde de Guarapuava intensifica ações de combate à Dengue no Município 

07/02/2024

As ações são realizadas em parceria com outras instituições locais. O foco é na limpeza dos pontos mais críticos da cidade, além da conscientização dos moradores sobre a importância de eliminar criadouros do mosquito Aedes Aegypti. 

 

O Paraná está entre os quatro Estados com maiores índices de casos de dengue no Brasil. Os dados são do último boletim epidemiológico divulgado pelo Ministério da Saúde na última sexta-feira, 2 de fevereiro. Por isso, a Prefeitura de Guarapuava, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), e do Departamento de Vigilância em Saúde, intensificam as ações realizadas de combate à Dengue no Município. 

 

“Como já se sabe, estamos com infestação do mosquito Aedes Aegypti em nossa cidade. Já temos casos da doença em Guarapuava. Por isso, precisamos redobrar os cuidados, para garantir a segurança de todos. Pedimos à população que mantenha o terreno limpo, sem reservatório de água parada. Além disso, nossos Agentes de Endemias estão realizando um intenso trabalho. Por isso, pedimos também para que a população receba-os em suas residências para vistoria. Por fim, atenção aos sintomas. Caso apresente febre, dores no corpo, dor atrás dos olhos, vômitos, diarreia e manchas na pele, procure imediatamente a Unidade de Saúde mais próxima”, enfatizou a diretora do Departamento de Vigilância em Saúde de Guarapuava, Bruna Tembil Batista. 

 

As ações realizadas consistem em limpeza nos pontos mais críticos da cidade, além de conscientização dos moradores sobre a importância de eliminar criadouros do mosquito Aedes Aegypti e prevenir a propagação da doença no Município. 

 

Andressa Leal, moradora do Bairro Morro Alto, recebeu os Agentes de Endemias para a vistoria de sua casa. Ela explica sobre a importância dos cuidados. 

 

“Eu já tenho o cuidado em manter o terreno limpo, sem água parada, e os potes dos animais e das plantas higienizados. Mas acho muito importante ter a visita dos agentes para que as outras pessoas também tenham essa consciência”, disse a moradora. 

 

DADOS DE GUARAPUAVA

 

Atualmente, Guarapuava possui 16 casos confirmados da doença, sendo um caso autóctone, ou seja, contraído no próprio Município. Além disso, o último Levantamento Rápido de Índices para o Aedes aegypti (LIRAa) realizado entre os dias 9 e 15 de janeiro de 2024, apontou Índice de Infestação Predial (IIP) em 1,6. Nesse período, foram visitados 1618 imóveis e coletadas 25 amostras positivas. Duas delas no Bairro Industrial, três no Bairro batel e 20 no Bairro Santa Cruz.

 

Confira a seguir as ações que serão realizadas nos próximos dias em Guarapuava: 

 

9/2- Mutirão na Rua XV de Novembro a partir das 9h. 

16/2- Mutirão na cidade toda, horário a ser definido.