Notícias

Secretaria de Saúde de Guarapuava promove I Seminário da Rede de Atenção Oncológica do município 

07/12/2023

O evento teve o intuito de debater sobre a construção da rede que permitirá trazer mais conforto aos pacientes com câncer. 

 

Todos os investimentos públicos e privados feitos na região, estão fazendo de Guarapuava o maior centro de tratamento oncológico do País. Por isso, a prefeitura de Guarapuava, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), realizou, nesta quinta-feira, 7 de dezembro,  o I Seminário da Rede de Atenção Oncológica de Guarapuava. 

 

“Este evento demonstra que estamos inovando mais uma vez na área de saúde de Guarapuava. Nesta ocasião, vale destacar que assino em breve, uma emenda do deputado Zeca Dirceu que se faz presente aqui hoje, de um milhão de reais que irá ser destinado ao nosso IPEC. Foi um repasse direto para o Fundo Municipal  de Saúde e que irá contribuir ainda mais para as pesquisas do câncer em nossa cidade. Além disso, é preciso destacar que a nossa gestão está fazendo a sua parte na luta por iniciativas como esta, e, principalmente no que diz respeito à tecnologia e inovação neste e em outros setores”, disse o prefeito de Guarapuava, Celso Góes. 

 

“Nós discutimos com a Rede de Atenção Oncológica do município que o nosso maior desafio é que os pacientes chegam tardiamente no Cancer Center. Isso acontece por diversos fatores, como a questão de especialidades, dos exames pré-diagnóstico. A partir do momento do diagnóstico, conseguirmos reduzir o tempo de confirmação da doença e isto é muito inovador. Guarapuava tem potencial para isso. Por meio do nosso Cancer Center e de toda a nossa Rede de Atenção Oncológica, vamos conseguir ser pioneiros de fato, e nos tornar modelos para outras cidades”, sublinhou a secretária de Saúde de Guarapuava, Chayane Andrade Ceroni.

 

O evento ocorre em consonância com as diretrizes estabelecidas pela portaria nº 874, de 16 de maio de 2013 que define a organização da rede de atenção à saúde no Brasil, e portaria nº 2.436, de 21 de setembro de 2017, que aprova a política nacional de atenção básica, no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS). As discussões têm o intuito de garantir o acesso, a qualidade e a integralidade do cuidado em saúde. Dentre as demandas, estão a implantação de uma rede de atenção classificada e regionalizada, com base em critérios epidemiológicos, demográficos e socioeconômicos. Além disso, a portaria prevê a ampliação do acesso da população aos serviços de saúde, com ênfase na prevenção, promoção e recuperação, além da articulação entre os diferentes níveis de atenção.

 

Diante desse contexto, a organização da rede de atenção oncológica de Guarapuava tem a finalidade de reduzir a mortalidade e a morbidade causadas pela doença. Além disso, faz parte do projeto, diminuir a incidência do câncer, bem como contribuir para melhoria da qualidade de vida dos pacientes. Esta dinâmica é desenvolvida por meio de ações de promoção, prevenção, constatação precoce, tratamento oportuno e cuidados paliativos, com pactuação e definição de todos os pontos de atenção à saúde.

 

“O Hospital do Câncer está preparado  para fazer um grande trabalho, não só para Guarapuava, mas para todos os municípios da região. E isso é graças à união de diversos setores, do poder público e da iniciativa privada que contribui para que possamos desempenhar um trabalho com excelência. Nós percebemos, principalmente a equipe que atua na radioterapia e quimioterapia, que o segredo dessa chave é a prevenção. E isto só é possível, graças ao diagnóstico precoce. Por isso, precisamos buscar e mudar essa realidade. Dentro de nossa instituição, estamos realizando um fundo próprio, com este objetivo. Com o auxílio da telemedicina, quando tiver dois sintomas dentro de 10 características que podem ser câncer, o hospital, junto com o médico, já enviará o paciente diretamente para consulta e realização de exames. Além disso, vamos acompanhar os pacientes que já foram diagnosticados, com o objetivo de tratar e realizar pesquisas acerca da doença”, contou o presidente do Hospital de caridade São Vicente de Paulo unidade Cidade dos Lagos e vice-provedor daquela casa de saúde, Odacir Antonelli.

 

O médico e atual Secretário de Atenção Especializada à Saúde do Ministério da Saúde, Helvécio Miranda Magalhães Júnior, falou da importância do SUS para o País. “O SUS foi atacado e injustiçado por muitos anos, assim como a ciência em si. Porém, este evento demonstra o reconhecimento da importância do sistema para a população. Os nossos constituintes, que atuaram na Constituição Federal de 1988, assim como os movimentos sociais e sindicais do setor da saúde e acadêmicos, tiveram a virtude de transformar o SUS na grande potência que hoje é. É a partir dele (SUS), que grandes iniciativas, assim como essa que está acontecendo hoje, se tornam possíveis”, argumentou. 

 

O diretor-geral da  Secretaria de Estado da Saúde (SESA), César Neves, também esteve presente no Seminário. Ele destaca a importância da união dos poderes executivo e legislativo em favor da população. “Este evento demonstra a grande importância da união de poderes em prol da população. Nos últimos meses, conseguimos, com o apoio do Ministério da Saúde, viabilizar mais de um bilhão de reais que serão destinados à saúde pública do Paraná. Este hospital é um sonho que foi pensado por muitas pessoas, assim como a gestão de saúde do município de Guarapuava. Graças ao atendimento humanizado, muitas vidas são transformadas, principalmente as de pacientes que lutam contra o cancer”, completa.

 

O deputado Federal Zeca Dirceu, participou do evento e destacou a importância dos profissionais de saúde dentro destas ações. “Parabenizo a todos os profissionais de saúde que estão aqui neste dia. Vocês são gigantes e é graças ao esforço e à dedicação de vocês que iniciativas como esta se tornam tangíveis. Além disso, é importante destacar que o nosso trabalho só tem sentido quando vemos realizações e investimentos como este. É uma honra estar presente neste dia”, disse o parlamentar. 

Durante toda a quinta-feira, o evento foi pautado por discussões e palestras com profissionais da área da saúde.  

 

Para conferir mais fotos do evento, clique AQUI.